rob-hagendijk.jpg

Dr.

Rob

Hagendijk

Rob Hagendijk aposentou-se como professor associado da Universidade de Amsterdã em setembro de 2014. Continua a trabalhar como membro do Instituto de Pesquisas Sociais de Amsterdã no grupo de pesquisa sobre "Configurações Transnacionais, Conflito e Governança".

Desde 2012, seu principal interesse concentra-se nas políticas européias de doenças raras e medicamentos órfãos e de outros continentes.

O modo como as sociedades e a configuração global definem e lidam com doenças graves, mas raras, está mudando rapidamente com os avanços nas biociências, tecnologias de informação e comunicação (TIC) e transnacionalização da governança.

Se olharmos para essas mudanças, imediatamente nos confrontamos, não apenas com os significados cognitivos e emocionais de tais doenças (ou seja, o que especialistas e pacientes sabem, vivenciam e entendem sobre as doenças, suas causas e consequências), mas também com os enquadramentos político-econômicos de ajuda e  cuidado, com desenvolvimento de medicamentos e liberalismo econômico, com solidariedade e com questões de política, responsabilidade e mobilizações individuais e coletivas.

Como tal, fornecem um ponto de vista para estudar processos e mecanismos de coprodução interacional (Jasanoff, 2004) da ciência e da sociedade. Espera-se que conduzir tais estudos e comunicar seus resultados contribua para um melhor atendimento e maiores avanços no tratamento de tais condições.

©2020 by Social Pharmaceutical Innovation.